19 de Agosto de 2021

Coliving e home club viram tendência para quem quer morar bem em Curitiba

A busca por lazer, conforto e praticidade parece ser incansável para quem busca mais qualidade de vida ao morar. É por conta dessa busca que cresceram as buscas por moradias estilo home club em Curitiba.

Esse tipo de empreendimento visa fornecer uma variedade ampla de opções de lazer e praticidade aos seus moradores, permitindo que eles pouco precisem sair dos limites do condomínio.

Você deve imaginar que essa tendência escalonou durante a pandemia. Bem, você está certo. Neste conteúdo a Cibraco se propõe a falar dos motivos que levaram tanto empreendimentos coliving quanto home club a serem tendência atual no mercado imobiliário curitibano. 

O impacto da pandemia no estilo de vida do curitibano

Todos estávamos vivendo a vida normalmente até o começo do ano passado, quando precisamos nos reclusar em casa e nos mantermos saudáveis durante uma pandemia global. Essa ação resultou em diversas mudanças no modo como vemos e vivemos no nosso lar.

Assim como outras grandes capitais do Brasil e do mundo, Curitiba se viu na necessidade de mudar hábitos e se reinventar. Uma grande parcela da população economicamente ativa da cidade migrou dos escritórios para o home office de casa. E aí que está o ponto: muitos não tinham um home office para chamar de seu.

Além disso, estando em casa 24 horas por dia surgiu outra necessidade: espaço interno. Quem se via em uma rotina de muitas horas longe de casa, viagens no final de semana e nas férias e um espaço apenas para guardar suas coisas e dormir, de repente, passou a usar seu espaço privativo diariamente, de forma constante. Essa mudança gerou percepções mais claras sobre seu espaço.

Outra mudança é a busca por um condomínio mais completo. Com tudo fechado pela cidade, muitos curitibanos sentiram falta de um espaço ao Sol, um meio de fazer uma caminhada e estar próximo do verde, coisas que apenas condomínios maiores e mais completos conseguem oferecer.

Quais são as tendências do mercado imobiliário atualmente

A palavra da vez é espaço. Ou melhor, conforto. Se analisarmos os números do mercado imobiliário no ano passado, a perspectiva deste cenário se confirma.

No ramo de locação, por exemplo, a busca por imóveis de 3 e 4 quartos decolou, com altas de até 50% em relação ao mesmo período do ano anterior. Já imóveis menores, com 1 ou 2 dormitórios, caiu na casa dos 30%.

Em vendas esse número se confirma. E para quem pensa que as transações imobiliárias recuaram durante a pandemia, a baixa histórica na Taxa Selic fez o favor de abrir caminho para novos negócios.

Crescem as buscas por imóveis maiores e mais completos

Além de espaço interno, que por si só faz uma grande diferença no dia a dia, a busca por imóveis foi além. Uma das principais tendências atualmente é a de condomínios fechados com mais espaço coletivo. Essa busca visa manter hábitos saudáveis dentro do seu residencial, como caminhada, sentar ao Sol, estar próximo do verde e praticar atividades físicas.

Coliving e home club: quais as diferenças

Dentro de toda essa atmosfera que comentei até agora, sobre a busca por mais espaço, por um local mais completo para se viver e que fornece uma estrutura ampla e de qualidade, dois tipos de empreendimentos se destacam no cenário curitibano: os empreendimentos coliving e os tipo home club. Mas, como eles são e quais as diferenças?

Os dois tipos de empreendimentos visam o mesmo propósito, mas por caminhos diferentes. O empreendimento home club é uma das tendências no mercado imobiliário quando o assunto é estrutura do condomínio.

Se você busca um condomínio em Curitiba para viver e ter, dentro da metragem do residencial, uma estrutura parecida ao Clube Curitibano, por exemplo, este é o tipo de empreendimento que você deve visitar. Nele você encontrará espaços de lazer, de relaxamento, de convivência e de praticidade, como hortas comunitárias e mini mercados.

Já os empreendimentos coliving visam também essa comodidade e praticidade, mas em um formato de cooperação e convivência entre os moradores do prédio. O conceito dinamarquês desembarcou recentemente no Brasil e visa compartilhar espaços que vão além do Playground-Salão de Festas, trazendo para o uso comum espaços como escritório, cozinha e lavanderia. 

Vantagens de morar em um coliving em Curitiba

É precipitado falarmos que o coliving é voltado para uma determinada faixa etária ou classe social. Até porquê, não é.

O coliving visa duas coisas: compartilhar experiências e reduzir custos. Por ter boa parte da sua estrutura compartilhada, o morador não precisará se preocupar em investir em diversos tipos de móveis e eletros para mobiliar um apartamento convencional.

A troca de experiências poderá ser um agregador de diversas vantagens, como otimização de tempo na limpeza e organização dos ambientes, vivência com pessoas de perfil parecido e possíveis conexões advindas desse convívio.

Vantagens de morar em um home club em Curitiba

Já o home club é o ideal para quem busca um condomínio em Curitiba que forneça uma ótima metragem privativa e, ao mesmo tempo, uma ótima estrutura comum. Em alguns pontos os dois tipos de empreendimentos se conversam, como a convivência e troca de experiências no uso da área comum em um home club. Mas uma vantagem significativa para este tipo de imóvel é a praticidade de ter uma série de serviços, atividades e estrutura à disposição dentro do condomínio.

Como escolher um condomínio ideal para seu estilo de vida

Como comentamos anteriormente, é difícil traçar um parâmetro de qual tipo de empreendimento é indicado para um possível morador. Assim como a escolha de um carro, de uma roupa ou de um restaurante, essa decisão deve se basear, principalmente, no estilo de vida.

Comece analisando a sua rotina. Você fica muito tempo em casa? Você se dá bem com outras pessoas no mesmo ambiente, dividindo tarefas ou mesmo dividindo a mesa do café da manhã?

Você é ativo mental e fisicamente e busca atividades ou recreações que te coloquem em contato com a natureza e com o seu corpo?

Você preza pela localização em que sentido? Ser próximo ao Centro e seus locais de interesse, ou um local mais tranquilo, calmo e rodeado de verde?

Esse tipo de pergunta deve ser respondida para que você possa, então, ter uma plena consciência do que mais lhe agrada. Por vezes, ambos podem não ser adequados para o seu estilo e, então, você acabará percebendo que o melhor é comprar uma casa onde possa viver do seu jeito.

Lembre-se que se aventurar no mercado imobiliário, se você deseja encontrar um lar, não é agarrar a oportunidade que parece mais rentável, mas sim a que lhe fará melhor! Conte com a Cibraco para otimizar essa sua busca.

 

Leia também: Confira vantagens de morar em condomínio fechado em Curitiba

Assine nossa newsletter