31 de Outubro de 2016

Alteração nas plantas apresenta novo “conceito no morar”

Sua próxima casa pode te introduzir a uma nova tendência para as residências do futuro. O clássico formato de apartamentos com espaços amplos, divididos em ambientes individuais e cada qual com suas portas, com poucos ou apenas 1 banheiro, começa a dar lugar a uma nova organização nos empreendimentos mais novos, com unidades menores e ambientes integrando cozinha, varandas, sala de estar e quartos com suítes.

As mesmas alterações também podem ser notadas nos espaços públicos de convivência, nas casas em condomínio fechado. As piscinas tradicionais, quadras poliesportivas, espaços kids e salão de eventos, entre outros, passam a ser substituídos por espaços gourmets altamente sofisticados e equipados com tecnologias para melhorar a experiência dos usuários, como aquecimento da água, sala de ginásticas e área exclusiva para pets.

De acordo com o presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de São Paulo, Gilberto Belleza, devido à diminuição do espaço das unidades residenciais, os empreendimentos passam a expandir as ofertas de serviços e a propor áreas comuns mais completas e úteis.

Para ele, essa mudança nas plantas representa mais uma “revolução no morar”. Os projetos arquitetônicos se tornam mais flexíveis, permitindo um melhor aproveitamento dos ambientes.

Assine nossa newsletter