02 de Abril de 2018

Centro Cívico: referência de comércio e arquitetura em Curitiba

O bairro Centro Cívico, desde 2011, é considerado um patrimônio estadual de Curitiba. Leva o nome, pois é onde os assuntos relacionados ao cidadão são  debatidos — ou seja, é um verdadeiro centro de negócios. Por isso, leva o nome “centro cívico”. No bairro, você pode encontrar desde imóveis comerciais, empresariais e residenciais até projetos urbanos, shoppings, praças, restaurantes e colégios.

Entre os principais conjuntos urbanos e arquitetônicos do Centro Cívico, podemos destacar o edifícios do eixo central da Avenida Cândido de Abreu, a Praça 19 de Dezembro, o Colégio Estadual do Paraná, os edifícios do Tribunal de Justiça, o Palácio Iguaçu, a Praça Nossa Senhora da Salette e, também, o famoso Museu Oscar Niemeyer.

 

Por que morar no Centro Cívico?

 

Apesar de ter uma área total de apenas 0,97km², o Centro Cívico é uma excelente opção de bairro para se morar. Especialmente, para pessoas que trabalham em conjuntos comerciais próximos, necessitam do transporte público para se movimentar de uma região da cidade para outra, gostam de praticar exercícios físicos ao ar livre (o Bosque do Papa sempre recebe visitas!) e frequentam shoppings ou comércios locais.

Veja também: 5 dicas para economizar e evitar conflitos

 

O que tem no Centro Cívico?

 

Tem de tudo no Centro Cívico! Bares, restaurantes, comércio, praças e museus dedicados ao lazer e bem-estar da população. Além de muita acessibilidade para pessoas de diversas idades, abrange moradores de diferentes perfis, desde o que estão fazendo o aluguel do primeiro imóvel ao casal que está dando entrada para um imóvel tranquilo e confortável na aposentadoria.

No site da Cibraco, você pode conferir diversas opções de imóveis para locação no Centro Cívico e, também, para comprar no bairro.  

E aí, o que acha? Para você, qual imóvel do Centro Cívico é mais importante para a cidade?  

Assine nossa newsletter