17 de Dezembro de 2021

Morar em condomínio fechado vale a pena? Conheça vantagens e desvantagens

Nunca nos preocupamos tanto com a qualidade de vida quanto nesse cenário criado devido à pandemia do coronavírus. E, por isso, a busca por imóveis que proporcionem mais segurança, tranquilidade e conforto tem sido uma missão para boa parte dos brasileiros. E morar em condomínio é uma opção de moradia que une todas essas características.

Ao longo do artigo, abordaremos algumas vantagens e desvantagens desse tipo de residência para te ajudar a entender se morar em um condomínio pode ajudar a melhorar a sua qualidade de vida. Vamos lá?

 

 Como a forma de moradia interfere na nossa qualidade de vida?

 

A qualidade de vida é algo que todas as pessoas desejam. Ela só é possível quando temos acesso a condições que contribuam para o nosso bem-estar físico e mental. Justamente por isso, o nosso lar ganha tanta relevância quando falamos sobre esse tema.

A nossa moradia é o lugar em que passamos boa parte dos nossos dias, ganhando ainda mais destaque devido ao aumento do número de pessoas que se tornaram adeptas ao home office nos últimos anos. E, por isso, é um ponto decisivo para a nossa qualidade de vida.

Fatores como segurança, tranquilidade e conforto são fundamentais para que possamos obter um padrão de vida considerado mais saudável e pleno. Morar em regiões perigosas ou barulhentas, possuir pouco espaço para crianças ou pets, não ter as condições ideais para o trabalho em casa, estar em lugares com pouca mobilidade - tudo isso interfere e prejudica a qualidade de vida dos moradores.

Que tal encontrar a opção ideal para levar mais qualidade à sua rotina?

 

O que é um condomínio fechado?

 

Condomínios fechados são empreendimentos imobiliários de comunidades residenciais em que existe uma restrição da entrada e circulação de pessoas e veículos.

De casas, edifícios ou apartamentos, os condomínios são caracterizados por possuírem uma infraestrutura de área comum para seus moradores, que pode conter ou não espaços de lazer. Esse tipo de estrutura faz com que exista um maior senso de segurança na comunidade.

Como funciona um condomínio fechado?

O condomínio fechado é um empreendimento imobiliário em que o proprietário adquire uma fração ideal. Na fração, estão incluídas as áreas privativas e de uso comum - que consiste nos espaços de lazer, área verde e ruas de acesso. O proprietário tem, assim, direito sobre a sua unidade e sobre as áreas de uso comum, que têm o poder - e, geralmente, os custos - rateados entre os moradores.

É cobrada uma taxa de condomínio, a fim de cobrir os custos básicos como iluminação, segurança e limpeza das áreas comuns. Todas as normas de funcionamento do condomínio são inseridas no regimento interno, que é o instrumento legal para as regras do espaço.

Assim como é nos condomínios de edifícios residenciais, a administração de um condomínio de casas também deve seguir o que dizem os artigos 1.331 e 1.358 do Código Civil e a Lei Federal 4.591.

 

Quanto custa morar em condomínio fechado?

 

Os valores para morar em um condomínio fechado podem oscilar de acordo com inúmeras variáveis, como seu tamanho, o que o condomínio oferece em sua área de lazer e também a sua localização.

Por se tratar de um empreendimento com muitas áreas comuns e com grande circulação de pessoas, é exigido um constante cuidado e limpeza de suas instalações. Por isso, as taxas de condomínio são tão importantes para sua manutenção.

Proprietário ou inquilino: quem deve pagar o condomínio?

De acordo com a Lei do Inquilinato, caso o proprietário não more no imóvel e ele esteja alugado, o responsável pelo pagamento da taxa de condomínio privado deve ser do inquilino.

Seguindo essa parte da legislação, o inquilino fica a cargo das despesas ordinárias do condomínio, como por exemplo: limpeza e conservação de áreas comuns, consumo de água, luz e esgoto, seguro contra incêndio, salário dos funcionários, etc.

Já as despesas extraordinárias ficam sob responsabilidade do proprietário do imóvel, como pinturas da fachada e áreas externas do condomínio, alteração do piso, sistema hidráulico e elétrico, etc.

Quem mora em condomínio fechado paga IPTU?

 

O Imposto Predial e Territorial Urbano é uma taxa cobrada anualmente para os proprietários que possuem qualquer tipo de imóvel no perímetro urbano das cidades. Porém, segundo a Lei do Inquilinato, os proprietários dos imóveis podem incluir no contrato de locação uma cláusula responsabilizando o inquilino pelo pagamento do IPTU. 

“Mas e se o meu imóvel está dentro de um condomínio, como fica o pagamento do IPTU?” Pessoas que residem em condomínios continuam tendo que pagar IPTU a respeito do lote que o seu imóvel ocupa no município.

Além disso, o condomínio também tem que pagar IPTU sobre as áreas comuns, como as guaritas, salão de festas, piscina, academia, entre outros espaços que o condomínio possa ter em suas instalações.


Vantagens de morar em condomínio fechado

 

Uma opção que tem chamado a atenção de quem busca mais qualidade de vida são as casas e sobrados em condomínio. A liberdade de morar em casa aliada à segurança do espaço faz desse tipo de moradia um excelente negócio. 

Se você se pergunta como é morar em um condomínio fechado, confira a seguir as vantagens desse tipo de empreendimento:

 

 Infraestrutura de lazer

 

Entre as vantagens de morar em condomínio fechado, está também o acesso a uma infraestrutura de lazer completa. Não é um pré-requisito que isso faça parte do empreendimento, mas os condomínios fechados têm buscado cada vez mais aprimorar as áreas de lazer das suas instalações.

Geralmente, os condomínios fechados oferecem opções como piscina, salão de festas, churrasqueira, academia, quadras poliesportivas, salão de jogos. Alguns também possuem áreas verdes e o diferencial do contato com a natureza.

A praticidade e a comodidade de contar com toda essa infraestrutura sem precisar sair do condomínio é uma grande vantagem para quem busca um imóvel que proporciona qualidade de vida. Assim como a economia para os moradores decorrente da redução do investimento de valores em academia ou clubes, por exemplo.

Maior sensação de segurança 

Outra vantagem de morar em condomínio fechado é contar com o aparato de segurança que esse tipo de empreendimento pode disponibilizar. De portaria funcionando 24 horas a câmeras de vigilância, portões eletrônicos, monitoramento e ronda interna.

Normalmente, os perímetros de condomínios fechados são murados e protegidos com cerca elétrica. Outro diferencial é contar com equipes de segurança especializadas na proteção desse tipo de ambiente.

Sistemas avançados de controle de entrada e de saída de moradores e visitantes, bem como de prestadores de serviço, também são um diferencial. Toda essa estrutura garante a tranquilidade dos moradores, que deixam de ser incomodados por visitas indesejadas ou mesmo por possíveis ameaças, garantindo também maior privacidade.

Socialização com a vizinhança

A oportunidade de socialização com as famílias de moradores também está entre as vantagens de morar em condomínios fechados. Para as crianças, essa é uma oportunidade de crescer de maneira saudável e enriquecedora.

Desenvolver um senso de vida em comunidade também está entre os benefícios apontados, uma vez que o estilo de moradia permite a aproximação em espaços de lazer e áreas de uso comum.

 

Desvantagens de morar em condomínio fechado

 

Para decidir se morar em condomínio fechado é uma boa escolha para você, é importante observar não só as vantagens mas também as desvantagens desse tipo de empreendimento.

Confira algumas desvantagens de morar em condomínio:

 

Menor privacidade

 

Privacidade é um dos pontos que mais chama a atenção na decisão de optar ou não por um imóvel em um condomínio. Por se localizar dentro de um empreendimento que possui muitas áreas em comum, é natural que haja algum comprometimento na vida privada dos moradores ao utilizá-las.

 

Taxa mensal

 

Quem mora em um condomínio fechado - sendo proprietário ou inquilino - tem que se preocupar com a taxa - geralmente mensal - de condomínio. Os serviços ordinários de manutenção do condomínio são realizados a partir dessa taxa, que é obrigatória.

 
 Restrições
 

Em condomínios fechados, existe um regimento interno a ser seguido. Nele, são inseridas uma série de restrições, desde animais de estimação a horários em que o barulho é permitido em áreas comuns. Para viver em condomínios, você precisa estar disposto a seguir essas regras ou estará sujeito ao recebimento de multas.

 

Por que morar em condomínio fechado em Curitiba?

 

Agora que você já conhece as vantagens e desvantagens de morar em um condomínio fechado, fica mais fácil de tomar a decisão, não é? Seja para investir ou morar com a família, um apartamento ou uma casa em condomínios fechados pode ser uma excelente escolha em Curitiba. 

 

Ficou interessado(a) em um imóvel desse tipo? A Cibraco pode te ajudar a encontrar os melhores imóveis em condomínio de Curitiba e região. Com ampla carteira de imóveis nos melhores bairros da cidade e atuação de mais de 70 anos no mercado imobiliário, a Cibraco conta com um time de especialistas e garante atendimento personalizado. 

 

Com a Cibraco, você pode encontrar, ainda, o seu terreno em condomínio fechado de casas em Curitiba. More com mais qualidade de vida! Conte com a Cibraco Imóveis - clique aqui e encontre agora o seu imóvel.

 

 

Assine nossa newsletter