07 de Outubro de 2021

Saiba como se preparar para uma mudança sem dores de cabeça

 

Está saindo da casa dos pais ou está planejando mudar de endereço? Tudo isso demanda bastante preparação. Apesar de dar um pouco de trabalho, há diversas maneiras para se organizar e garantir que tudo saia conforme o planejado. Nesse texto iremos te apresentar um manual completo para se preparar, desde a organização financeira, até o checklist da hora da mudança. 

 

Como se preparar financeiramente para uma mudança?

 

O primeiro passo é estar com as finanças equilibradas. Com planejamento é possível amenizar esse processo e torná-lo agradável e proveitoso. Você precisa estar ciente de todos os seus gastos atuais e os gastos que terá no futuro na casa nova. Saiba como: 

Coloque no papel o quanto você ganha

Saber exatamente os valores que você ganha é a principal dica para manter suas finanças no azul. Gastar mais do que o seu saldo pode ser um problema na hora de quitar dívidas, como luz, água e internet ou emergências que possam surgir. Além disso, se você gasta exatamente o que ganha, fazer investimentos ou simplesmente guardar dinheiro será um desafio.

Faça planilhas ou use aplicativos

Fazer o controle de seus gastos e receitas em uma planilha pode ser uma boa alternativa para combater o descontrole. Hoje em dia, alguns aplicativos já fazem o controle desses gastos de forma automática. Porém, se o uso da tecnologia for confuso, nada melhor que a boa e velha planilha de gastos!

Faça uma lista de prioridades

Sobrou um pouco de dinheiro? Não gaste tudo de uma vez. Defina as prioridades do que você mais precisa para o que você mais quer. Isso lhe ajuda a definir o que comprar primeiro e o que não é tão importante, o que significa que, conforme a lista for finalizada, você poderá aproveitar melhor o dinheiro com coisas menos prioritárias.

Fórmula para pensar na sua organização financeira

Você conhece a fórmula 50-30-20? Basicamente você dividirá sua renda em três: 50% para os gastos essenciais, 30% para os gastos supérfluos e 20% para investimentos ou poupança. 

O aluguel ou a prestação do seu novo imóvel deve fazer parte do 50% dos seus gastos, que também incluem alimentação, saúde, transporte, gastos com água, luz e tudo o que você necessita.

Essa é uma maneira prática de você economizar e pensar na sua renda na hora de realizar a sua mudança.

 

Checklist de mudança: Como organizar?

Depois de se planejar financeiramente e escolher o tão esperado imóvel, está na hora de pensar em como levar as suas coisas para o seu novo lar. Vamos te ajudar para que esse processo seja o mais prático possível.

 

Antes da mudança

√ Faça um orçamento com a transportadora e organize o trajeto do caminhão de mudança;

√ Comece a doar ou vender tudo o que você não utiliza mais;

√ Organize os novos endereços das correspondências e contas;

√ Mude os serviços de internet, telefone e televisão para o novo imóvel;

√ Comece a encaixotar suas coisas pelos itens que você menos usa, lembre-se de manter as coisas separadas por ambientes;

√ Identifique caixa por caixa com etiquetas;

√ Para facilitar, identifique as caixas por cores, por exemplo, todas as caixas com etiquetas roxas são da cozinha e assim por diante;

√ Guarde as roupas de cama, travesseiros e toalhas em sacos ou sacolas;

√ Antes do dia da mudança, realize uma faxina geral no novo imóvel. Lembre sempre de começar a limpeza do imóvel dos fundos até a entrada e de cima para baixo.7

Durante a mudança

√ Lembre-se de levar uma malinha com seus itens essenciais;

√ Faça uma verificação completa no imóvel antigo após colocar todas as caixas da mudança no caminhão;

√ Ao terminar a mudança, não esqueça de conferir se não esqueceu nenhum item no transporte que realizou a mudança;

Após a mudança

√ Comece a organizar a nova casa por cômodos que são essenciais.

 

E o que não fazer após a mudança?

 

Você já está no seu imóvel e precisa pensar em como organizar as suas coisas para facilitar o seu dia a dia, de modo que, a sua nova casa fique cada vez mais confortável e com a sua cara. Confira as dicas a seguir:

Guardar itens onde não serão usados

Guarde os itens nos lugares onde eles serão utilizados. Por exemplo, deixe os temperos que serão utilizados apenas durante o preparo dos alimentos em um local adequado da cozinha, evite deixá-los em cima da pia.

Achar que o trabalho é feito de uma vez, só uma vez

Organização não deve ser feita de uma vez, apenas uma vez. Organizar é um trabalho diário. Tire 15 minutos por dia para organizar tudo o que precisa.

 Ocupar espaço com roupas que você não está usando

Crie o hábito de separar as roupas por estação em seu guarda-roupa. Por exemplo, guarde os casacos pesados que você não vai utilizar durante o verão em um baú ou uma mala, e faça isso com as roupas de verão quando chegar o inverno.

Escolher estética ao invés de praticidade

É um equívoco pensar que organização é manter todas as coisas sempre guardadas. O maior segredo de organizar é otimizar e economizar seu próprio tempo, simplificando e mantendo a praticidade

 

Escolha o imóvel ideal com a Cibraco

 

Agora que você já sabe tudo o que precisa fazer para ter uma mudança perfeita, não exite em contatar uma imobiliária com experiência para facilitar a procura do seu imóvel. Seja para aluguel ou venda, você pode contar as diversas opções de imóvel que a Cibraco dispõe em Curitiba. Saiba mais indo até o nosso site.
 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Assine nossa newsletter