12 de Abril de 2021

Vai alugar pela primeira vez? Confira dicas para alugar imóvel residencial

A locação imobiliária pode gerar diversas dúvidas. Se você vai alugar um imóvel pela primeira vez na sua vida? Então, esse conteúdo é para você! 

 

O mercado de locação cresce a cada ano. Seja propostas para viver a vida em outra cidade, a perspectiva de mudanças constantes e o desejo de não criar amarras em um único imóvel ou, simplesmente, a melhor opção para sua organização financeira.

 

Confira dicas para a sua primeira locação correr de forma ordenada, tranquila e prazerosa para você.

 

Faça uma lista das suas necessidades.

 

Como é a sua rotina? Do que você mais precisa? Garagem, portaria 24 horas, elevador, salão de festas? Coloque todas as suas necessidades no papel e assim você saberá exatamente do que precisa em um imóvel.

 

Uma das maiores e mais comuns frustrações na locação imobiliária, principalmente para os inquilinos de primeira viagem, é a frustração com o que o imóvel tem a oferecer. Daí a importância de uma boa análise dos seus desejos, necessidades e caprichos.

 

A lista de necessidades está montada? Agora é hora de destacar o que é essencial para você, como por exemplo, morar em um local com elevador é importante para você? Esses pontos em destaque podem ser decisivos no momento de escolher o imóvel.

 

Tudo isso vai refinar a sua busca e, por consequência, diminuir os números de resultados. Não se assuste, você não precisa de 100 opções, precisa de apenas 1 imóvel ideal, então seja criterioso na escolha do seu novo lar.

 

Separe um dia inteiro para visitar os imóveis para locação

 

Este momento é muito importante. Visitar os imóveis é essencial para te ajudar na escolha, afinal você viverá seus próximos dias ali.

 

Tire um dia inteiro, ou diversos dias, para visitá-los. Tome o tempo que for necessário, converse com o corretor ou os corretores responsáveis e  tenha um tempo confortável para você conferir cada espacinho.

 

Jamais escolha o imóvel apenas por foto, existem muitos detalhes que só podem ser percebidos durante uma visita. Visite-os acompanhado de uma pessoa de segurança, faça perguntas, tire fotos… analise bem o candidato à futuro lar.

 

Fique atento durante a visita de imóvel

 

Ao visitar um imóvel, fique atento ao acabamento e conservação dos ambientes. Se preferir, tire algumas fotos e medidas para ver se os seus móveis cabem no local. O ideal é ir para a visita com as medidas e possíveis organizações dos seus móveis em cada ambiente.

 

Antecipe a documentação necessária para locação imobiliária 

 

Esteja ciente de tudo o que você precisa na hora de alugar. Em nosso blog temos diversas dicas para você, mas reunimos em uma publicação só as diversas garantias locatícias e os principais documentos.

 

Essa etapa é burocrática, trabalhosa e um pouco cansativa. Os processos variam muito de imobiliária para imobiliária e, também, de contrato para contrato. De forma geral você precisará de seus documentos pessoais e da papelada correspondente à garantia locatícia escolhida. Seu corretor poderá lhe informar melhor, passando uma lista das documentações essenciais e relevantes para um contrato de locação imobiliária.

 

Considere os custos totais da locação de imóvel

 

Uma locação imobiliária gera mais custos do que apenas o valor estipulado de aluguel, então esse ponto é essencial para que o imóvel atenda suas expectativas e se encaixe na sua realidade financeira.

 

Um dos principais são os custos fixos de manutenção do imóvel. Neste montante é preciso considerar os custos de energia elétrica, água e saneamento, internet, gás (nos casos de cobrança individualizada por gás encanado), entre outros itens de uso pessoal.

 

Também é importante considerar o custo de taxa de condomínio. Confirme o valor atual da taxa do imóvel que você está visitando, se conta com chamada de capital ou taxa de reserva e as oscilações no último ano.

 

IPTU e coleta de lixo, quando é cobrado, também precisa ser considerado. O IPTU usa como base a localização do imóvel e metragem construída/privativa, então precisa ser analisado caso a caso.

 

Por fim, eventuais melhorias do imóvel. Na sua visita considere tudo o que pode e o que deve ser feito no imóvel, seus eventuais gastos com reformas e reparos após a mudança para deixar seu cantinho com a sua cara.

 

Quer saber mais sobre como alugar um imóvel? Acompanhe o blog da Cibraco.

Assine nossa newsletter